Massacre dos estudantes no México: nota de apoio da CSP-Conlutas | Brasil

No dia 26 de setembro, oitenta estudantes rurais sofreram um ataque de policiais e paramilitares, resultando em mortos, feridos, detidos e 43 desaparecidos.

Desde então, as mobilizações de apoio acontecem por países latino-americanos e até mesmo na Europa. As mães dos estudantes desaparecidos exigem que “se foram pegos vivos, que o Estado os devolvam vivos”.

Confira AQUI a matéria sobre o caso, e AQUI as diversas manifestações contra a criminalização e o sumiço dos estudantes

A CSP-Conlutas e outras entidades iniciam uma campanha nacional e internacional em repúdio ao massacre e de total apoio nesta luta por justiça e contra a impunidade e violência policial.

Confira a nota abaixo e acompanhe as atualizações de nossa campanha.

Nota de apoio às mobilizações e

repúdio ao massacre dos estudantes no México

A CSP-Conlutas – Central Sindical e Popular e demais entidades que assinamos esta nota, expressamos nossa indignação com o massacre cometido contra estudantes na localidade de Guerrero, no sul do México.

Eles foram atacados por policiais e grupos paramilitares quando voltavam de uma manifestação contra a discriminação que sofrem na distribuição de vagas na universidade local. Três estudantes foram assassinados e mais de 40 estão desaparecidos. Dois professores que estavam com eles foram feridos.

Solidarizamos-nos com as famílias e amigos das vítimas e apoiamos as manifestações que estão acontecendo no México, exigindo a apuração e punição dos responsáveis por esse bárbaro crime. Neste momento há uma campanha internacional no mesmo sentido e nos somamos a ela.

Este massacre demonstra que a repressão aos que lutam em defesa dos seus direitos é uma política de estado através das policias e que os governos são totalmente coniventes com os grupos paramilitares que atacam os movimentos sociais.

Exigimos a imediata apuração e punição dos responsáveis por esse crime e que o estado garanta todo apoio aos familiares das vítimas bem como coloque toda sua estrutura na busca dos desaparecidos.

Abaixo a repressão aos que lutam por seus direitos!

Punição aos culpados pelo massacre!

Todo apoio e solidariedade a essa luta!

Por uma educação pública, laica e de qualidade para todos!

show
 
close